O viés de sobrevivência faz você focar no sucesso, quando você deveria lembrar porque os outros falharam

Uma peculiaridade cognitiva chamada viés de sobrevivência faz com que você se concentre no que os “vencedores” fazem de maneira correta, ao invés de se concentrar no que os “perdedores” fazem de maneira errada. E isso provavelmente está afetando você, mais do que você percebe.

Você não vê o que não sobrevive

Se você já enfrentou uma longa fila de espera em um restaurante, desistiu, e se deparou com outra extensa fila no restaurante ao lado, você pode ter pensado: “Nossa, a indústria de restaurantes está crescendo. Talvez eu devesse abrir meu próprio restaurante!” Esse é o viés de sobrevivência: você focou nos restaurantes bem-sucedidos – afinal você os está vendo. No entanto, você não percebeu como muitos outros restaurantes ao redor falharam, já que estes desapareceram.

Tão lucrativo quanto a abertura de um restaurante possa parecer, até 95% dos restaurantes falham no primeiro ano. Da mesma forma, costumamos ouvir sobre os empresários que fundaram startups de bilhões de dólares em suas garagens, mas o fato é de que 99% das startups do Silicon Valley sucumbem antes chegar ao sucesso. O sucesso não é apenas sobre como fazer certo, mas é,também,sobre o que não fazer de errado. Os “vencedores” podem até não saber quais são as más decisões que devem ser evitadas, já que provavelmente, em muitos casos,  tiveram a sorte de nem mesmo encará-las, em um primeiro momento.

As falhas são suas amigas

Compreender esse viés pode auxiliar as pessoas a resolverem problemas importantes. Veja um problema que os militares dos EUA enfrentaram na Segunda Guerra Mundial: metade dos pilotos de bombardeio não conseguiu sobreviver às missões impostas. Os engenheiros obviamente não conseguiram cobrir seus aviões em uma armadura, pois os aviões jamais sairiam do chão, então eles tiveram que descobrir os poucos “pontos chave” que auxiliariam em uma proteção extra. Os comandantes notaram que os aviões que retornavam tendiam a ter furos de bala ao longo das asas, na cauda e, no centro do corpo avião. Naturalmente, os engenheiros pensaram em reforçar essas áreas. No entanto, um estatístico chamado Abraham Wald apontou que esta era exatamente a coisa errada a se fazer: esses eram aviões que retornavam, os buracos mostravam onde danos poderiam ser causados e os pilotos ainda sobreviverem. As áreas em que os aviões sobreviventes não haviam sido danificados, eram as áreas onde proteção extra era necessária, já que certamente eram os locais onde os aviões derrubados haviam sido atingidos.

É tentador olhar para a rotina matinal ou de exercícios, de pessoas de sucesso, ou ainda para as técnicas de gerenciamento incomuns de empresas bem-sucedidas. No entanto, tudo na vida gera deve girar em torno do equilíbrio, e se você não lembrar, na mesma proporção, das falhas cometidas por estas ou outras pessoas e empresas, você ainda não está tirando o melhor de cada situação.

Tradução: Júlia Linck Moroni, Médica Veterinária

Viés de Sobrevivência

Descubra porque focar somente naqueles que sobreviveram nos impede de tomar as melhores decisões!

Fonte: www. curiosity.com, Survivorship Bias Makes You Focus On Successes When You Should Remember Why Others Failed

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>